Periféricos de entrada, saída e entrada e saída

Periféricos de entrada:

  • Teclado: periférico que permite o usuário inserir dados através de diversas teclas, inclusive com combinações.
  • Mouse: periférico que permite o usuário posicionar uma seta (apontador) através da interface gráfica dos aplicativos. O mouse possui 2 botões padrões, o esquerdo e o direito.
    • Botão esquerdo tem a função de selecionar com um clique e executar com 2 cliques.
    • Botão direito tem a função auxiliar e na maioria dos aplicativos aciona um menu contextual de atalhos e comandos.
    • Há diversos tipos de modelos, como touchpad, trackball e óptico.

      Tipos de mouse – clique para ampliar

  • Webcam: Periférico de entrada que captura imagens estáticas e em movimento. Utilizada para vídeo conferências.
  • Scanner: Periférico de entrada, também conhecido como digitalizador de imagens. Captura imagens impressas (foto, livros, documentos) através da decodificação de reflexos gerados por impulsos luminosos.
    Pode ser de mão ou de mesa. Usado em conjunto com um software de OCR (Optical Character Recognition) reconhecimento óptico de caracteres, pode transformar textos impressos em arquivos editáveis.

    Scanner de mesa – clique para ampliar

Periféricos de saída

  • São todos os dispositivos de saída conectados externamente à placa-mãe do computador
    • Monitor
    • Impressora
    • Caixas de som
  • Monitor – Principal periférico de saída, exibe ao usuário as principais informações do sistema.
    Os principais tipos são: LCD, CRT, Plasma, OLED
    Operam comumente em freqüências entre 60HZ e 80HZ

    • Resolução de tela: A resolução é dada pelo número de linhas horizontais por linhas verticais. O encontro dessas linhas formam pontos chamados de pixels, que são a menor unidade visual. As configurações mais comuns são 800×600, 1024×768, 1280×1024 – para o formato padrão 4:3 (proporção) e 1280×800 e 1440×900 para formato widescreen, 16:9 (proporção). O tamanho de uma tela é dado pelo diâmetro em polegadas, exemplo: 15″, 17″, 19″, 22″, etc.

      Exemplo de resolução de tela – clique para ampliar

Periféricos de entrada e saída

  • São dispositivos capazes de fornecer dados ao sistema e ao usuário no mesmo hardware. Principais exemplos:
    • Monitor TouchScreen
    • Joystick (controles de jogos) com funções de vibração e force feedback
    • Modem
    • Pendrive
  • Modem – Hardware que pode ser instalado no interior do gabinete ou externamente (logo, torna-se um periférico). Seu nome vem de Modulador e Demodulador de sinais, ou seja, transforma tipos de sinais para o tráfego de dados. Um modem ADSL (de internet de alta velocidade) é capaz de demodular o sinal analógico do telefone e modular o sinal digital do computador, para troca de dados através do cabo do telefone. Principais exemplos:
    • Fax-modem
    • ADSL modem
    • Cable modem
    • WiFi modem

Por enquanto é isso pessoal, quaisquer dúvidas utilizem o formulário abaixo! Até mais!

309 ideias sobre “Periféricos de entrada, saída e entrada e saída

  1. Questões sobre os periféricos de entrada e saída caem muito em concursos… E a questão que esclarece que o Monitor “Touchscreen” é de entrada e saída ao mesmo tempo é muito importante, pq monitores comuns são só de saída.

  2. Venho desta maneira agradecer as publicações que constam neste blog, pois foram-me bastante úteis no que toca a TIC, uma disciplina que em Portugal é elaborada de forma profunda. Obrigado e espero que continuem com o bom trabalho. Beijinhos e abraços mais uma vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>