Conceito de internet e intranet e principais navegadores

Este artigo foi atualizado em 15/11/2011

Nos últimos dias têm crescido bastante o número de buscas, principalmente no Google, sobre o tema do título: conceito de internet e intranet e principais navegadores. Na verdade este é um trecho de diversos editais divulgados pela CESGRANRIO, dentre eles os mais recentes da Caixa e da Petrobrás. Como os leitores estão vindo pelo Google e acabam se deparando com informações sobre os editais, resolvi reunir aqui as principais informações sobre este tema, que irão ajudar no estudo.

Internet

Afinal de contas, como podemos definir a internet? A internet é uma rede classificada como WAN (Rede de dimensão global) e conecta diversas outras redes em todo o mundo, através de estruturas robustas chamadas backbones. 

Quando você se conecta à internet, sua conexão irá traçar uma rota até o serviço ou site que deseja utilizar, passando pelo provedor de acesso e backbones. Esta estrutura é comumente chamada de “nuvem”.

A internet baseia-se, principalmente, no uso do protocolo TCP/IP e suas diversas camadas e protocolos dependentes. Através do TCP/IP serviços são disponibilizados como os sites, email, FTP.

A navegação em sites é conhecida como Web, ou WWW (World Wide Web). Atenção, web não é sinônimo de internet, é na realidade um serviço da internet.

E a Intranet, o que é?

A intranet é uma rede que baseia-se nos serviços oferecidos na Internet através do TCP/IP, como sites, emails, etc. Porém seu acesso é restrito à redes privadas, ou seja, os serviços da intranet são somente acessíveis através do acesso à esta rede privada.

Existem infinitas intranets, qualquer rede privada pode criar serviços e tornar-se uma intranet. Já a internet só existe uma.

Posso acessar uma intranet pela internet?

Sim. O protocolo VPN possibilita a criação de uma rede privada virtual, permitindo assim que através da internet seja criado um túnel de comunicação com sua rede privada, como se estivesse fisicamente conectado à esta rede. Preferencialmente a conexão VPN deve ser criptografada, para garantir a integridade dos dados.

Através da VPN você tem acesso a todos os recursos da rede local, como, por exemplo, imprimir em impressoras da rede, mesmo estando distante.

Os browsers – ou navegadores, em português

Sobre os principais navegadores falarei agora. Hoje o mercado dos browsers (nome em inglês, também usado em concursos) está mais disputado. Depois de um longo período de domínio quase total do Internet Explorer outras opções vêm surgindo com força, como o Firefox, da fundação Mozilla, o Opera e o Safari.

Então acompanhe a lista com os nomes, da atual versão dos navegadores para PC:

A versão mais utilizada no mundo ainda é a versão 6.0 do Internet Explorer, que responde a aproximadamente 40% dos browsers utilizados. O Firefox assumiu a liderança global em 2011. A versão 6.0 do Internet Explorer é arcaica e com muitas falhas de renderização (transformação de dados em imagens), além de questões críticas de segurança.

A versão 7.0 introduziu uma série de aperfeiçoamentos já utilizados por outros navegadores, principalmente o Firefox, como a navegação por abas. A navegação por abas consiste na possibilidade de abrir várias páginas na mesma janela do navegador.

Uma nova empresa recentemente entrou na briga pela preferência dos usuários, a Google, líder mundial de aplicativos para a internet, lançou o Chrome. Ainda em versão de testes já está adquirindo diversos usuários e em breve deverá entrar na lista dos 4 mais utilizados. Confira mais sobre o Chrome neste artigo publicado no site em 04/09. O Chrome já está entre os principais navegadores, com lançamento constante de novas versões, estando na 15.

Estes são os principais navegadores para computadores PC/MAC. Porém os principais navegadores para plataformas móveis, como smartphones, Iphone, PDA´s são estes:

  • Safari (iPhone, iPad e iPod)
  • Opera MINI 6 (diversos dispositivos, como Android, Symbian e iOS)

Dúvidas? Comentem!

114 ideias sobre “Conceito de internet e intranet e principais navegadores

  1. OBRIGADO, GOSTEI MUITO DA EXPLICAÇÃO AGRADEÇO POR DISPONIBILIZAR O MATERIAL. VALEU!!!!

  2. O www. dos sites e simplemente aonde fica o diretório(PASTA) do site no servidor(COMPUTADOR) o que indica aonde está um site é o servidor DNS que mostra o caminho do IP e a Porta que indica a PASTA do site então www. pode ser considerado um sub domínio, que hoje nem é muito usado.

    Mais para começo de estudo já da pra pessoa ter uma noção :D

  3. Gostei da explicação de diferenciação, mas não é isso que eu procuro, quero algo mais HighHard!!! Mesmo assim valeu pelo seu desempenho em compartilhar conosco seus conhecimentos…

  4. Adorei a dica pratico e objetivo assim que eu gosto sem enrilação parabens